Adonis Jewellery
Visitar! Goste da página Facebook Contactar ADONIS Jewellery

Blade Runner 2049

Cinema

Philip K. Dick ficaria orgulhoso de ver a sequela de “Blade Runner” que estreou em 1982 e foi realizada por Ridley Scott.

Retirado do seu livro, no original “Do Androids Dream of Electric Sheep?”, “Blade Runner” foi um filme que revolucionou a forma como olhamos para a inteligência artificial, incluindo diálogos fortes e interiores, que fizeram do filme de 1982 um clássico do género.

Com a mesma distância temporal do primeiro, “Blade Runner 2049” mostra-nos como é possível fazer uma boa sequela, sem partir o argumento, numa continuação igualmente com diálogos ricos e um elenco que volta a incluir Harrison Ford, que continua a manter-se no fio da trama.

Nesta continuação de “Blade Runner”, trinta anos após os eventos do primeiro filme, conhecemos a personagem de K, um novo Blade Runner, oficial da LAPD, papel desempenhado pelo actor Ryan Gosling, que desvenda um segredo há muito enterrado e que pode potencialmente mergulhar no caos o que resta da sociedade.

Blade Runner 2049

Ryan Gosling

Essa descoberta leva-o numa missão para localizar Rick Deckard, papel desempenhado já em 1982 pelo veterano Harrison Ford, um antigo Blade Runner da LAPD, desaparecido há 30 anos.

“Blade Runner 2049” mais do que um filme, é já considerado um clássico moderno, com uma das sequelas mais bem sucedidas na história da 7ª arte.

O filme conta no seu elenco para além de Harrison Ford e Ryan Gosling, com Ana de Armas , Robin Wright e o incontornável Jared Leto, sob realização de Denis Villeneuve.

“Blade Runner 2049” poderá ser visto nas salas de cinema portuguesas a partir de amanhã, 5 de Outubro.

Para mais informações acerca do filme, poderá visitar o site oficial.

Fonte: Big Picture / Jornal Dínamo
Fotos: Big Picture

Blade Runner 2049

Comentários [Facebook]