Sónia Adonis Jewellery
Visitar Goste da página Facebook Contacte Adonis Jewellery

Abandono de Venda de Peles Verdadeiras no Final do Ano

Farfetch

A empresa de e-commerce de moda de luxo nacional e internacional, Farfetch decidiu deixar de vender peles a partir de Dezembro.

A plataforma que distribui diversos artigos em peles de animais, tem estado sob forte pressão por parte dos activistas dos direitos dos animais.

A organização de defesa dos direitos dos animais (PETA), declarou que a compra de acções que realizou da Farfetch, lhe permitiria participar nas reuniões anuais da empresa e “pedir-lhe publicamente que deixasse de vender peles”.

Farfetch

O anúncio da interdição foi bem recebido pela organização humanitária “Humane Society International” e pela sua filial americana, que declarou ter trabalhado com a retalhista online durante anos, para levar a cabo esta mudança.

Em 2018, a interdição do uso de peles chegou a diversas marcas de luxo e retalhistas como, Yoox Net-a-Porter, Gucci, Michael Kors, Versace, Burberry, Donna Karan, Coach, Jean Paul Gautier e Jimmy Choo que anunciaram a sua intenção de parar de vender produtos feitos com peles de animais.

De acordo com a “Humane Society International”, no Reino Unido, onde a Farfetch tem sede, as sondagens de opinião mostram que 80% dos consumidores acreditam que as vendas de peles devem ser proibidas.

Para mais informações poderá visitar o sítio oficial.

Fonte: Jornal Dínamo / Fashion Network
Fotos: Fashion Network

 

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
RSS
Facebook
Facebook
Instagram