Sónia Adonis Jewellery
Visitar Goste da página Facebook Contacte Adonis Jewellery

ModaLisboa regressa ao Pátio da Galé para marcar 25 anos de história

ModaLisboa - KissModaLisboa F/W 2016/17

A edição de 2016 da ModaLisboa marca os 25 anos deste evento que já faz parte da vida cultural da capital portuguesa e da moda nacional.
Este ano, a organização decidiu abrir as portas à cidade e criar uma verdadeira Praça de Moda, com a “Wonder Room” instalada, durante três dias, na Praça do Município, com a mostra e venda de produtos de criação nacional.

[button-red url=”https://www.jornaldinamo.com/galeria-2016-jornal-dinamo/modalisboa-fw-201617-dia-1/” target=”_blank” position=”center”]FOTORREPORTAGEM[/button-red]

A abrir a passerelle do Pátio da Galé no primeiro dia da ModaLisboa 2016 desfilaram os criadores da Plataforma “Sangue Novo”, um projecto que apoia os jovens talentos e que incentiva o aparecimento de novos designers e de novas criações.
Eduarda AbbondanzaEste é um momento para sentir o pulso às colecções Outono/Inverno 2016/17 dos jovens designers Banda (by Tiago Loureiro), Carolina Machado, Cristina Real, David Catalán, Inês Duvale, Patrick de Pádua, Rúben Damásio, Sara Santos e Tânia Nicole.

O júri da ModaLisboa, composto por Eduarda Abbondanza (Presidente da Associação ModaLisboa), Alberto Caselli (Director de Moda da Sport&Street), Alexandra Moura (Designer de Moda), Ana Campos (Directora de Moda da Vogue), Anabela Becho (Investigadora e curadora de moda) e Francisca Maltez (Buyer da ComCor), escolheram Patrick de Pádua para integrar a plataforma LAB e assim apresentar, a partir de Outubro, as suas colecções sazonalmente neste evento e ter a sua colecção FW 2016/17 à venda na loja ComCor Lisboa.

Também do grupo Sangue Novo foi seleccionado David Catalán para representar Portugal na próxima edição do “FashionClash”, Festival de Moda Holandês que vai decorrer em Maastricht já em Junho deste ano.

Nair XavierA cor, o design e a moda prosseguiram com Nair Xavier, que se apresenta desde 2014 na ModaLisboa e que trouxe, este ano, a colecção “Kalymnos”.
Inspirada pelo mar, a designer apostou numa colecção “que explora uma profissão já extinta, do mergulho para a apanha da esponja na ilha grega que dá o nome à colecção. Quando esta actividade ainda era feita de forma muito artesanal, os homens mergulhavam a profundidades muito grandes e desprovidos de equipamento”, refere a designer. Da pesquisa pelos diversos fósseis e elementos marinhos, Nair Xavier optou por tons neutros, entre vários tons de castanho, azul-marinho, bege, branco e cinzento com materiais como a pele e a lã.

Os tons vivos e marcantes voltaram à passerelle com a colecção de David Ferreira que recorreu ao imaginário cinematográfico para por a nu uma sociedade que vive da imagem e do reflexo que ela tem na sua própria identidade.
Intitulada “Opunent Child”, a colecção do jovem designer mistura vermelho, branco e rosa em diversos tons para transmitir extravagância, luxo e glamour.

Valentim QuaresmaA fechar o primeiro dia de desfiles no Pátio da Galé, Valentim Quaresma voltou a trazer à ModaLisboa as suas criações de acessórios que primam pela diferença e originalidade.
Com uma tónica entre o preto e o branco, a colecção “Domination” é, de acordo com o designer, “baseada em medos e fobias como um ponto de partida para uma transformação que, por fim, eleva a auto-estima”. Com o recurso a materiais como resinas epóxicas, latão, alumínio, plexiglass, sarja de algodão, peles e materiais sintéticos, Valentim Quaresma conseguiu transmitir a rigidez e soberania em formas que lembram, ainda, a fantasia e o sonho.

O momento alto estava reservado para a apresentação, no Centro Cultural de Belém, de um documentário que revisita a história e a carreira de Nuno Gama que celebra 50 anos de vida e 30 anos como designer.
Ao longo de 50 minutos assistimos a um “verdadeiro striptease” em que Nuno Gama foi “obrigado a recordar um passado longo, com muitas pessoas em que às vezes é difícil tocar, mas que é bom saber que existem”.
Nuno GamaO estilista fez, assim, questão de partilhar memórias de um percurso talhado de altos e baixos, perdas irreparáveis como o incêndio que ocorreu no seu atelier, e muitas conquistas com o reerguer da sua actividade e a marca deixada ao longo de três décadas na moda portuguesa.

Reconhecido pelos desfiles memoráveis e sempre inesperados, marcados pela portugalidade que faz questão de trazer para as suas criações, Nuno Gama promete “um grande espectáculo, talvez o maior da minha vida” para a apresentação da nova colecção.

[button-red url=”https://www.jornaldinamo.com/galeria-2016-jornal-dinamo/modalisboa-fw-201617-dia-1/” target=”_blank” position=”center”]FOTORREPORTAGEM[/button-red]

Fotos: Ana Grangeia Neves
Fonte: Raquel Moreira

Partilhar...
User Review
0 (0 votes)

Comentar

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Instagram