Facebook Pixel

Rock in Rio Lisboa 2012 | Dia 3

logo rock in rio| Este terceiro dia de Rock in Rio, recai mais uma vez no dia 1 de Junho, Dia Internacional da Criança, mas ao contrário do que vem acontecendo, e deste dia ser dedicado aos mais pequenos, este ano isso não aconteceu, no entanto isso não fez com que a Cidade do Rock, estivesse cheia de famílias que para além de terem acedido aos pedidos dos filhos de irem ver certas bandas de quem já são fãs, decidiram seguramente ir até ao Rock in Rio para passar um dia em grande no meio de muita animação.

Presente na abertura das portas neste dia dedicado às crianças, esteve o jogador de futebol Luís Figo, acompanhado de jovens apoiados pela sua Fundação — a Fundação Luís Figo.

ROCK STREET

O dia mais uma vez abriu primeiramente na “Rock Street”, uma das novidades deste ano do Rock in Rio que está a ser um sucesso, à semelhança do que aconteceu, na sua volta ao Brasil o ano passado.
Como aconteceu no último fim-de-semana, estiveram presentes os artistas de rua que se habilitaram a estar presentes neste evento.
De salientar que esta rua inspirada numa rua de Nova Orleães, a maior cidade do estado americano da Louisiana, também estão presentes diversas lojas, onde se pode comer por exemplo o Melhor Bolo de Chocolate do Mundo que tem à porta uma dupla vestida de bonecos de chocolate, uma loja da Fnac, uma casa de hambúrgueres, ou de hot dogs, entre outras.
Neste dia estiveram presentes nesta zona da Cidade do Rock, Lillian BouttéCristian Reyes e Bruce Henri & Convidados.

Lillian Boutté, foi considerada a Embaixatriz Musical de Nova Orleães, sendo a segunda lenda do jazz a receber esta honra na história da cidade, depois de Louis Armstrong. Boutté tem estado em tour ao longo dos últimos 13 anos, com concertos e festivais em todo o mundo, e ontem passou pela “Rock Street” para encantar todos os que a pararam a ver e ouvir.

Cristian Reyes, é um guitarrista de Santiago do Chile que explorou, desde o início da sua carreira artística, distintas linguagens e estilos de música, desde a música folk e popular até às manifestações de música mais moderna, como o pop, o rock e o jazz. O ano passado, editou o CD “Travesía de los Enebros”, o qual apresentou na “Rock Street”, com um novo estilo de fusão de música latina e de jazz.

Bruce Henri, ou também conhecido por Bruce Leitman, é Director Artístico da “Rock Street”, mas também é um conhecido músico que canta e domina o seu contrabaixo como ninguém.
Também ele actuou neste terceiro dia na “Rock Street”, sempre acompanhado de convidados que dão vida ao coreto preparado para os artistas que por lá passam.

PALCO STREET DANCE

Na “Street Dance”, houve sem dúvida momentos muito especiais, pela mão de Ivanildo Loureiro, os Jukebox (Crew residente) que é já um sucesso e Animação (DJ + MC) Escola Next.

PALCO SUNSET

Orquestra TodosOrquestra Todos, foi o grupo de abriu as actuações no “Palco Sunset”. Esta foi talvez das maiores surpresas que este palco poderia ter recebido.
Composta por 14 músicos oriundos de 10 países, dirigidos pelo Maestro Mario Pecorelli, foi sem dúvida uma significativa experiência de multi-culturalidade inesquecível, aquelas que nos proporcionaram, na Cidade do Rock. Este projecto nasceu no Sport Clube do Intendente em Lisboa, e cria sonoridades influenciadas nas diferentes origens de cada um dos músicos.

The Black Mamba

The Black Mamba @ Palco Sunset Foto: Pedro Sousa Filipe

De seguida, o palco pertenceu aos The Black Mamba acompanhados de Tiago Bettencourt.
Deste encontro resultou uma mistura do soul dos “The Black Mamba” com a sonoridade característica do compositor e intérprete de Coimbra, Tiago Bettencourt. A banda lisboeta estreou-se no Rock in Rio e Tiago Bettencourt aceitou o convite para partilhar o palco com o grupo.

Entretanto, o “Palco Sunset” recebeu os Orelha NegraHyldon e Kassin.
Os Orelha Negra juntam música contemporânea com grandes êxitos da música portuguesa, conseguindo ir buscar determinados registos de música de autores como Paulo de Carvalho, José Afonso, Duo Ouro Negro ou José Mário Branco e juntá-los com hip hop.
Hyldon é um dos principais nomes da música soul brasileira. Da sua vasta discografia, destaca-se o trabalho “Soul Brasileiro”, disco que foi colocado pela revista Rolling Stone nos melhores 25 álbuns de 2009. Este trabalho contou com a participação de nomes como Chico Buarque, Zeca Baleiro, Carlinhos Brown e Frejat.
Kassin é um multi instrumentista brasileiro e também um dos melhores produtores do Brasil tendo já trabalhado com Caetano Veloso, Vanessa da Mata, Los Hermanos, Jorge Mautner, Adriana Calcanhoto e Hyldon.
Juntos criaram uma atmosfera intemporal, com sons quentes que abraçaram o público e deixaram um tom agradável na atmosfera deste palco.

A terminar o dia no “Palco Sunset” estiveram Boss AC & Zé Ricardo (Artista e Director Artístico do “Palco Sunset”) + Paula Lima e aos quais se juntaram os Shout. Foi um concerto em que se misturaram sonoridades diferentes, como melodias do hip hop do português Boss AC com o samba e soul de Zé Ricardo e da famosa cantora Paula Lima, que também ficou conhecida por ter sido uma das juradas da edição brasileira do “Ídolos”.

Expensive Soul

Expensive Soul no Festival Rock in Rio no Parque da Belavista em Lisboa, Portugal a 1 de Junho de 2012. Foto: Agência Zero

Os Shout para além do Gospel que os caracteriza, decidiram enveredar por outros caminhos, interpretando sonoridades que vão desde Cindy Lauper a Bob Marley. De relembrar que os Shout são o primeiro coro de Gospel que surgiu em Portugal em 1995.

PALCO MUNDO

Nesta altura já o “Palco Mundo”, tinha recebido os Expensive Soul. A banda portuguesa tem garantido um grande sucesso com diversos temas, sendo que “O Amor é Mágico” foi uma das mais cantadas pelos fãs.
A esta banda juntaram-se-lhes ainda os Atletas Paralímpicos e Olímpicos que foram homenageados neste dia pelo Rock in Rio e todos os que vieram a este dia ao Parque da Bela Vista. Foram trinta os atletas presentes, entre eles, Rosa Mota, Gustavo Lima e Marco Fortes.

 

Foi impossível não tirar o pé do chão com a actuação da enérgica e simpática Ivete Sangalo, uma artista a que o Rock in Rio já nos habituou. Vestida de branco com um grupo de bailarinos irrepreensíveis, Ivete Sangalo, pulou, cantou os seus êxitos, acompanhada de um público que não parou de cantar as suas músicas. “Perere”, “Berimbau Metalizado”, “Sorte Grande”, “Festa” ou “País Tropical” foram só alguns dos temas que abanaram o “Palco Mundo”.

 

Os Maroon 5, foram sem dúvida uma das bandas mais aguardadas do dia e que não desiludiram. Comunicativo e correndo de um lado ao outro do palco, Adam Levine causou sensação na Cidade do Rock, e foi com toda a certeza responsável por muitos desmaios de jovens raparigas que da frente do palco gritavam o nome do cantor. O concerto começou com o mais recente trabalho “Payphone”. Mas muitos mais êxitos foram possíveis ouvir como a música que os lançou no mundo “Harder to Breathe”, entre outras como “This Love”, “Won’t Go Home”, “Wake up Call” ou o grande sucesso “Jagger” que pôs toda a gente a dançar com os movimentos de Mike Jagger.

 

Lenny Kravitz é um dos artistas que nos visita de vez em quando e cujos concertos nunca nos deixam desiludidos, antes pelo contrário, a sua voz envolvente faz desejar que os seus concertos nunca mais acabem. Este foi o Senhor que fechou a noite no “Palco Mundo” com músicas como, “American Woman”, “It Ain’t Over Till it’s Over”, “Believe”, “Where Are We Runnin”, foram só algumas das músicas que Lenny Kravitz cantou e encantou a multidão, não desleixando a comunicação com o público já habitual da parte dele.

Electrónica Heineken

No Espaço “Electrónica Heineken”, ainda a noite estava a cair quando começaram a desfilar os artistas da noite. José Belo e Zé SalvadorMagazinoKings of Swingers (Renato Rathier + Mau Mau), Dyed SoundoromMaceo Plex Live e Jamie Jones.

Os portugueses José Belo e Zé Salvador abriram a noite. Esta dupla são dos djs que mais sucesso têm feito junto dos amantes da música electrónica em Portugal, e sem dúvida fizeram um belo warm up para o resto da noite.

Dj Magazino

Dj Magazino no Palco Electrónica do Festival Rock in Rio. Parque da Belavista em Lisboa, Portugal a 1 de Junho de 2012. Foto: Agência Zero

Magazino, é um dj nacional que se encontra numa grande ascensão da sua carreira. Sobejamente conhecido no panorama nacional da música electrónica, Magazino tem vindo a reunir um número elevado de seguidores que o acompanham nas actuações por todo o país.

Os Kings of Swingers, são o Renato Rathier e Mau Mau. Esta dupla brasileira tem vindo a dar cartas no panorama da música electrónica. Renato Rathier é um gigante da música electrónica, residente em dois dos melhores clubes do Brasil, D-Edge e Warung e Mau Mau é um conceituado dj brasileiro que tem actuado em clubes e festivais de todo o mundo. A sua actuação foi sem dúvida uma daquelas que deixa memórias futuras.

Dyed Soundorom, é um Dj francês, que se encontra no 24º lugar no top 100 do Resident Advisor (site de música electrónica mundialmente conceituado). Ao longo da sua carreira Dyed Soundorom já passou pelos melhores clubes de Tóquio, Londres, Leeds, Manchester, Amesterdão, Roma, Nova Iorque, Lisboa e mais recentemente foi residente no Circoloco @ DC10, em Ibiza.

Maceo Plex Live, o senhor que se seguiu veio dos Estados Unidos da América. Este Dj tem passado pelas principais cabines do mundo. Já reuniu uma vasta legião de fãs em Portugal tendo actuado apenas duas vezes no nosso país. Esta foi a primeira vez que actuou no Espaço “Eletrónica Heineken” na Cidade do Rock.

Dj Jamie Jones

Dj Jamie Jones no Palco Electrónica do Festival Rock in Rio. Parque da Belavista em Lisboa, Portugal a 1 de Junho de 2012. Foto: Agência Zero

O Dj inglês Jamie Jones, cabeça de cartaz do terceiro dia de Rock in Rio Lisboa, fechou o dia. Considerado como o melhor Dj do mundo pelo top 100 do Resident Advisor, e a sua passagem neste evento foi simplesmente arrasadora no melhor dos sentidos. Jamie Jones é o responsável pelo ressurgimento do house sexy e vocal, que é uma das tendências musicais do momento.

Hoje já estamos no 4º dia de Rock in Rio onde se espera, muita animação e grandes concertos. Neste dia no “Palco Mundo”, irão actuar nomes como Joss Stone, Bryan Adams e Stevie Wonder, no “Palco Sunset”, destaque para cantores como Amor ElectroAna Free e Luís RepresasJoão Gil e Jorge Palma, e no Espaço “Electrónica Heineken”, destaque para The Martinez BrothersMiguel RendeiroDj Poppy e Masters at Work – Louie Vega e Kenny “Dope” Gonzales.

Fotos: Pedro Sousa Filipe / Agência Zero

 

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Instagram