Sónia Adonis Jewellery
Visitar Goste da página Facebook Contacte Adonis Jewellery

Stan Lee | 1922-2018

Adeus, Sr. Excelsior

Desapareceu hoje uma das pessoas mais importantes de um universo repleto de heróis que fazem as pessoas sonhar desde o século XX.

Stan LeeStan Lee, também conhecido por “Excelsior” devido a uma expressão que usava no final de cada história de um seu comic book, desapareceu hoje aos 95 anos, deixando órfãos inúmeros super-heróis que criou.

Nunca escondendo que a personagem do Homem-Aranha era um filho especial, deu no entanto “à luz” variadíssimas personagens que hoje fazem parte de um universo adorado por milhares e milhares de pessoas.

Stan Lee, de nacionalidade americana, nascido com o nome de Stanley Martin Lieber a 28 de Dezembro de 1922 era filho do casal Jack Lieber, alfaiate de profissão e de Celia Lieber, dona de casa, ambos judeus imigrantes da Roménia.

Criou personagens como Homem-Aranha, Quarteto Fantástico, X-Men, Hulk, Homem de Ferro, Thor, Demolidor, Doutor Estranho, Os Vingadores, Pantera Negra, Viúva Negra, Gavião Arqueiro e Flash.

Foi escritor, editor, publicitário, produtor, director, empresário e actor, para além de editor-chefe e presidente da “Marvel Comics”. Antes de deixar a empresa para se tornar presidente emérito da editora, bem como um membro do conselho editorial.

Um dos prazeres que tinha um pouco como Hitchcock fazia, era a sua aparição várias em filmes do Universo Cinematográfico “Marvel”.

Outra das curiosidades acerca de Stan Lee, é que durante a Segunda Guerra Mundial, alistou-se no Exército dos Estados Unidos e serviu na parte de comunicação, escrevendo manuais, slogans, filmes para treino e ocasionalmente desenhando.

Após a Segunda Guerra Mundial, Lee voltou para a posição que tinha naquela que se tornaria a “Marvel Comics” e logo a seguir criou a frase icónica da Marvel, “com grandes poderes, vêm grandes responsabilidades”, frase que integrou o filme “Homem-aranha” (1962), baseado no que ele presenciou durante a guerra.

Para Lee, um país poderoso como os EUA, dever-se-ia responsabilizar pelo seu armamento bélico nuclear.

De um universo que muitas pessoas consideravam de outro mundo, Stan Lee, ajudou a criar mundos e personagens que ficarão para sempre e continuarão a fazer sonhar e a influenciar gerações, para todo o sempre.

Fonte: Jornal Dínamo
Fotos: @TheRealStanLee (Twitter)

Stan Lee

 

Comentar

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
RSS
Facebook
Facebook
Instagram