Sónia Adonis Jewellery
Visitar Goste da página Facebook Contacte Adonis Jewellery

“Casal da Treta”

Teatro Villaret

 | Já todos nós tivemos que levar com conversas de treta de várias pessoas, mas “esta” até pedimos para ser alvo dela. Falo de mais um episódio da já longa e conhecida Conversa da Treta, desta vez com o nome “Casal da Treta”, onde vamos conhecer mais um elemento do clã desta maravilhosa família.

A treta está de volta com mais uma peça de teatro, ao qual se junta agora a incontornável Actriz Ana BolaDétinha é a mulher daquele que já não precisa de apresentações Zé Zé (José Pedro Gomes), e que vem dar um novo fôlego a esta família de bem-falantes que até fazem o dicionário “corar”. Desta vez a “igualdade de género” é um dos assuntos falados, mas parece que o “Airbnb” também anda aqui à mistura.

O Jornal Dínamo teve a oportunidade de falar com os dois Actores intervenientes, que nos contaram o que poderemos esperar de mais uma divertida peça da treta.

José Pedro GomesJosé Pedro Gomes, começou por nos falar de como é ter uma mulher como a Détinha e como foi contracenar com a sua amiga e colega de profissão de há muitos anos. “Com a Détinha estou casado há 40 e tal anos e já temos dois filhos e somos um casal daqueles que vive bem, dão-se bem com aquelas manias e com as coisas que também nos fazem dar mal. Na minha opinião, ao fim de 40 anos já ninguém se dá mal. Se as pessoas ainda vivem juntas é porque se gostam e estes gostam mesmo. Ter a Ana Bola ao meu lado é simplesmente fantástico. O tempo de ensaios foi também o tempo de adaptação um ao outro. A coisa boa é que nós já não precisamos de começar do início, pois isso já aconteceu há uns anos. Sem dúvida é muito mais fácil contracenar com quem já se conhece, porque partimos já de um certo património e de uma certa confiança que já temos um com o outro. Nesse sentido é óptimo também porque não temos de estar a explicar tudo. Nós entendemo-nos maravilhosamente por meias palavras e olhares”.

Ana BolaAna Bola, por seu lado acha uma maravilha ter entrado para esta família tão especial. “É muito engraçado. Eu nunca imaginaria fazê-la. Primeiro porque também nunca imaginei que o António Feio poderia morrer com aquela idade, tão cedo e por isso não imaginei que um dia poderia vir a fazer uma “Conversa da Treta”, porque eles iriam perdurar no tempo. Entretanto, fizeram-se outras “Tretas” e de repente, a Sandra Faria da “Força de Produção”, convida-me para fazer a Détinha e o “Casal da Treta” e eu pensei… “é mesmo isto, por várias razões”. Primeiro porque eu gosto do conceito do espectáculo, gosto muito da personagem do Zé Pedro e gosto muito do Zé Pedro, como pessoa e como actor… ah e temos uma diferença de altura bestial (risos). Por tudo isto acho que fazia sentido que fosse eu a fazer. Não quer dizer que não houvesse outras actrizes a fazer, mas pela circunstância, pela amizade que nos une, pela amizade que também tinha com o Feio e que tenho também com os autores da peça, avançámos e acho que estamos prontos para estrear”.

Mas parece que há um assunto que vai incomodar muito esta Détinha que a treta nos oferece com tanto carinho e Ana Bola, explicou-nos o que é. “Falamos no espectáculo também de um assunto muito actual (e é por isso que ela também está chateada com ele), que é o “Airbnb” e o alojamento local. O Zézé resolve arrendar a casa deles para esse efeito e esse é o grande conflito deste espectáculo”.

José Pedro Gomes, explica-nos também o ponto de vista de Zézé para este assunto que deixou Détinha muito enervada. “Este enervamento dá-se por causa da economia ou seja, por causa de problemas económicos. Eu tive de alugar a nossa casa no “RB or Not To BE” (risos) e ela não está nada de acordo com isso, porque ainda não percebeu a situação económico/financeira, mas eu explico-lhe na peça e que tem a ver com o empreendedededorismo (risos)”.

Casal da TretaJá em termos dos assuntos focados na peça, Ana Bola explica que este é uma peça feita para divertir e acima de tudo para isso. “As pessoas em questão não são analfabetas, mas são bastante iletradas. É a visão de um homem machista do seu tempo e de uma mulher que apesar de ser inculta, começa a perceber que há outras assuntos e que as mulheres têm direito às mesmas coisas que os homens (literalmente). Mas penso que é importante dizer que tudo isto é dito muito em tom de brincadeira. A primeira intenção deste espectáculo é divertir o espectador, não é de maneira nenhuma para passar mensagens. Para isso existem outros meios. Não é que o teatro não deva passar mensagens (porque passa e muito bem), mas neste caso estamos perante uma comédia pura e dura em que a reacção do espectador tem que ser principalmente divertir-se e rir-se. Claro que este é um tema muito actual e é o tema que faz o fio conductor para outros temas”.

Também o facto de se manterem inalteráveis certos aspectos, é para Ana Bola, aquela mais-valia que pertence já a este espectáculo “Este é um conceito que está feito e não pode ser alterado ou pelo menos não se deve. Tal como não se alterou o cenário (ou seja não tem cenário). Eles nunca estão em lugar nenhum”.

Para José Pedro Gomes, poder ter um guião e “brincar” com ele é a liberdade total. “Essa é uma das premissas de origem da “Conversa da Treta”, é precisamente ter muita margem para improvisar. Com o António Feio acontecia e com o Machadinho também e faz todo o sentido continuar a poder fazê-lo, agora com a Ana Bola”.

Quanto a trabalhar com Sónia Aragão, José Pedro Gomes, explica que não poderia ter corrido melhor “Foi muito, muito bom. A Sónia é muito boa encenadora. Ela sabe com muita precisão tudo acerca dos mecanismos da comédia, trabalhou muito bem as personagens e portanto, sem dúvida, guiou-nos na direcção certa… ou melhor dizendo na direcção da treta (risos)”.

E mais não desvendamos. Convidamos sim a ir ver esta peça divertida e a passar um bom bocado com um conceito que se deseja que continue por muito mais tempo.

A peça “Casal da Treta” estreia amanhã dia 25 de Abril, no Teatro Villaret. Quinta a Sábado às 21h30 e Domingos às 17h00. Preço do Bilhete: 18€

Para mais informações poderá visitar o sítio oficial.

Fotos: Pedro Sousa Filipe

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
RSS
Facebook
Facebook
Instagram