ADORA Mediação Imobiliária
Visitar Goste da página Facebook CONTACTAR...

Balões de Ar Quente voltam a Conquistar os Céus do Alentejo

O Alto Alentejo volta a receber o Festival Internacional Rubis Gás de Balões de Ar Quente que chega, este ano, à 19ª edição e se realiza de 8 a 15 de Novembro em Alter do Chão, Fronteira e Monforte.

A primeira edição do Festival Internacional de Balões de Ar Quente aconteceu em 1994 com o objectivo de impulsionar e divulgar o balonismo em Portugal. Desde então, é já um dos mais reconhecidos e maiores festivais de balões de ar quente da Europa. Este ano conta com a participação de 35 equipas, a grande maioria estrangeiras, vindas de Espanha, França, Reino Unido, Bélgica e Holanda, além das equipas portuguesas.

Ao longo dos 8 dias de festival são feitos voos a partir de Alter do Chão, Fronteira e Monforte. Além dos vouchers de voo dos patrocinadores que são distribuídos em concursos ou passatempos pelos próprios, também há voos livres de reservas e marcações, onde se pode experimentar de forma gratuita a sensação de voar num balão de ar quente. Os locais de descolagem e horas dos voos são divulgados na página de Facebook da organização, e as vagas são preenchidas por ordem de chegada.
A organização estima que nos últimos 18 anos de festival já tenham sido realizados cerca de 6200 voos no Alentejo.

Aníbal Soares, piloto profissional e organizador do festival, explica o fascínio pelos balões de ar quente pelo imaginário de infância e das histórias de explorações pelo mundo num balão de ar quente, mas também pela curiosidade do ser humano em explorar novas sensações. “Num balão de ar quente não só estamos a voar, como nos sentimos a voar a 360º, em comunhão com a natureza. Sente-se a adrenalina, mas ao mesmo tempo é uma actividade pacífica e relaxante”, refere Aníbal Soares.

O Alentejo acaba por ser a região escolhida pela sua beleza, mas também pelas planícies largas que permitem encontrar facilmente pontos de descolagem e de aterragem. Aníbal Soares considera, ainda, que no Alto Alentejo consegue-se já “uma beleza única, com a mistura das searas do Baixo Alentejo com o verde da Beira Baixa”.

Em 2012, Aníbal Soares abriu a primeira escola em Portugal para pilotos de balões de Ar Quente, em Fronteira. Um projecto que tem vindo a ganhar forma com cada vez mais interessados em realizar cursos de pilotagem e com acordos com federações aeronáuticas que ajudam a impulsionar o balonismo em Portugal. Aníbal Soares adianta que estão, neste momento, “a trabalhar para poder leccionar o curso de piloto de acordo com a licença europeia. Com esse passo, sabemos que haverá um impulso importante para o balonismo”.

O 19º Festival Internacional Rubis Gás de Balões de Ar Quente vai colorir os céus do Alentejo até dia 15 de Novembro e conta com a participação de todos os amantes da modalidade e de todos os curiosos que quiserem experimentar as sensações de voar num balão de ar quente.

Fotos: Raquel Moreira

A sua avaliação
0 (0 votes)
Ser Biológico

Comentar

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Instagram